Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Para trás das costas

por Sara, em 09.08.13

Agora percebo porque me dizes que muitas vezes te sentes insatisfeito e incrédulo de como este dar e receber não funciona. Dá-se tudo e temos um prato cheio de nada. Contaram-me uma anedota de um homem que se esquecia que era casado e ficava com outras mulheres à frente da sua esposa; acontece que há muita gente esquecida por aqui. Sinto-me sem querer magoada, digo que esqueço, mas isto do nada, é um nada, não sobra nem fica. Que raio é isto que caracteriza as pessoas que conheço. Ou sou a única que estou deslocada ou tudo o que me rodeia está um fim do mundo. Esquecem-se completamente, das coisas boas, memórias antigos, das conversas longas. E a minha paciência chegou ao fim sua data de validade. Os meus olhos estão fechados, para isso e para o que ficou para trás, por acertar, por remediar e conversar. Escondidos a sete chaves num lugar qualquer, não me interessa.  

 

05-08-2013

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


5 comentários

Imagem de perfil

De Cláudia a 09.08.2013 às 22:33

Ora essa ;)
Imagem de perfil

De Komatsu a 10.08.2013 às 11:33

É por isto que cada vez estou mais sozinha. Ao menos, enquanto for só eu não corro o risco de depender de pessoas esquecidas.
Muito bom o texto.
Imagem de perfil

De Komatsu a 11.08.2013 às 14:59

Não acho que precise das pessoas. Tenho um capricho que me leva a querer ter pessoas, mas é mais um gosto do que uma necessidade e além disso acho que o que me faria fraca era depender dos outros.
De qualquer mania, guardo sempre o bom, sim. Não sou de rancores.
Imagem de perfil

De meninapequenina. a 12.08.2013 às 19:50

Como este texto fez sentido para mim.
Imagem de perfil

De dolcescrittora a 19.08.2013 às 00:17

acho que todos nos achamos malucos quando estamos rodeados do que achamos errados. E parece demasiado egoísta dizê-lo. Mas disseste-o bem!

Comentar post



Mais sobre mim


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D