Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Este calor que atravessa a minha pele e logo se transforma em qualquer coisa que não sei o que é. Apenas posso dizer que não tive tempo para decidir se permitia ou não este sentimento. Mas logo morrerá, morrerá de fome. Não haverá uma despedida com lembrete na porta porque estava ocupado a deixar marcas profundas à superfície, no meu sorriso e nas minhas janelas da alma.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Lídia a 28.09.2013 às 14:45

Este texto tem algo de misterioso, de profundo.
Imagem de perfil

De dolcescrittora a 29.09.2013 às 02:43

Permitir devia ser opção. Só depois do pequeno passo é que sabemos se é errado ou não, às vezes o medo impede as melhores coisas que nos poderia acontecer. Independentemente disso, sempre um belo texto!
e obrigada Lopes!
(de novo: adoro o novo visual - está outonal!)

Comentar post



Mais sobre mim


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D