Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Depressa virá uma tempestade que há-de estragar e fazer-me esquecer deste desvaneio. E aí começarei na base, sem sentir nada e sem sentir não mais. Tentarei enganar os outros como antes aconteceu, excepto àqueles que me conhecem.

E deixarei a porta aberta para tu me visitares mais vezes, afinal aquilo que vai, volta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


2 comentários

Imagem de perfil

De dolcescrittora a 04.10.2013 às 21:50

a mim a tempestade já chegou, compreendi bem. E gostei desta conclusão.
e muito obrigada!
Sem imagem de perfil

De Lídia a 24.10.2013 às 15:59

Após a tempestade vem a bonança...não é o que se costuma dizer?

Comentar post



Mais sobre mim


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D