Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Mana, estou a construir a minha casa

É tão difícil encontrar uma casa, sentir saudades de chegar finalmente a algum lado, mas ter saudade é para quem tem, alguma coisa.

Estás a ver aquela casa depois do castelo? Ainda não? Eu penso que nem quem seja de cá, do cú do mundo, saiba onde está situada essa tal casa. Então percorre o passeio até veres uma árvore com as pétalas lindas e já cor-de-rosa, pronto, estás aí. Agora atravessa a rua, tem cuidado que não há nenhuma passadeira perto, e precisas de olhar para a direita, para a esquerda e para a direita outra vez, ah, e o mais importante dá-me a mão que eu já estou com a minha à espera da tua [acho que apanhamos este hábito dos pais, ainda agora sempre que passo dou-te a mão e tu a mim, acreditas que até com estranhos tenho que pelo menos pôr a mão nas costas, não lhes ia dar a mão, parece-me a mim muito próximo do habitual], já lá estamos. Agora eu empresto-te os meus olhos. A casa dos três andares está velha e o vermelho que acredito que antes era vivo, está desbotado, sem vida e a tinta da parede às lascas, à espera de um pintor, resumindo. Sonho em viver lá contigo, mas fica já dito que eu fico no segundo andar onde o quarto tem uma varanda. Já sei que não posso pôr as heras a ganharem nas paredes altas que tu morres de medo dos bichos, não faz mal. Quero um baloiço lá fora. Já me chega. 

{#emotions_dlg.smile}

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De lou a 22.04.2013 às 14:41

que bonito que isto ficou!
Imagem de perfil

De dolcescrittora a 28.04.2013 às 12:50

é engraçado que quando li o texto da tua irmã perdi-me muitas vezes com ela, e ao ler o teu texto sinto que guias a minha imaginação e quando é para me perder, fazes num aparte. Gosto muito disto, porque vocês acabam por se completar e é bonito!
Adoro casas escondidas - abandonadas nem tanto, mais pelo medo - mas casas escondidas abandonadas e restauradas é o meu paraíso. Gostei como a descreveste.
Também já desisti de ter uma casa coberta de heras.

Comentar post



Mais sobre mim


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D